12 de julho de 2024
AGRICULTURA

Mapa lança Plano de Ação Estadual para o ABC+ no Rio Grande do Sul, com foco na sustentabilidade

AGRICULTURA SUSTENTÁVEL

A Região Sul se torna a primeira a ter todos os estados contemplados pelo PAE

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), lançou, nesta quinta-feira (04), o Plano de Ação Estadual (PAE) no âmbito do Plano Setorial para Adaptação à Mudança do Clima e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária (Plano ABC+) para o Rio Grande do Sul (RS), o Plano ABC+ RS. O lançamento foi durante a 4ª Reunião Ordinária do Fórum Gaúcho de Mudanças Climáticas, em Porto Alegre (RS). Com o lançamento do ABC+RS a Região Sul se torna a primeira a ter todos os estados contemplados pelo PAE.

O Plano ABC+RS foi elaborado por um Grupo Gestor Estadual (GGE), composto por profissionais de diversas instituições públicas e privadas ligadas ao agronegócio. Na formulação do PAE, estão previstas as seguintes metas: ampliar a adoção do sistema de plantio direto e de bioinsumos, das áreas com práticas de recuperação de pastagens degradadas, da quantidade de bovinos em terminação intensiva, de áreas com adoção de sistemas integrados e de florestas plantadas; do manejo de resíduos da produção animal, entre outras.

De acordo com a diretora de Produção Sustentável e Irrigação da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação e Cooperativismo (Depros/SDI/Mapa), Sibelle Silva, a descentralização de ações federais potencializa e contribui para o engajamento de parceiros regionais. “A intenção é que os estados tenham protagonismo e estejam cada vez mais atentos e ativos, para incentivar ações de sustentabilidade propostas pelo ABC+ em suas localidades”, explicou.

A governança do Plano ABC+ segue o modelo de gestão híbrida, descentralizada e participativa. O Mapa incentiva a criação dos Grupos Gestores Estaduais com o objetivo de tornar mais efetiva a implementação do Plano, obedecendo às características, necessidades e perspectivas de cada estado. No Rio Grande do Sul, especificamente, foram definidas as tecnologias viáveis para adoção do Plano, visando incrementar a produção agropecuária associada à diminuição de emissões de gases do efeito estufa.

Tecnologias que serão fundamentais também no enfrentamento dos desafios específicos do estado, como as condições de estiagem e eventos climáticos extremos. Sua elaboração foi coordenada pela Secretaria da Agricultura, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi/RS) em parceria com a Superintendência de Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Sul (SFA/RS). Contou também com a participação de representantes da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro); da Secretaria de Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema); da Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luís Rossier (Fepam); do Instituto Riograndense do Arroz (IRGA); da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater); as unidades da Embrapa no RS e da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul).

ABC+

O plano ABC+ é o plano setorial para adaptação à mudança do clima e baixa emissão de carbono na agropecuária com vistas ao desenvolvimento sustentável. Política pública que promove uma agropecuária mais adaptada à mudança climática e também mitigadora de gases de efeito estufa. O Mapa desempenha o papel de Coordenação Nacional do ABC+, cuja governança inclui o Sistema Integrado de Informações do Plano Setorial para Consolidação de uma Economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura (SINABC).

Fonte: Mapa
Foto: Unsplash