NOTÍCIAS

Técnicos preparam-se para iniciar projetos de ILPF em propriedades rurais de São Paulo

INTEGRAÇÃO

Iniciativa terá ciclo de debates a fim de fortalecer o conhecimento dos profissionais da área

Mais de 50 técnicos da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) participaram, nos dias 25 e 26 de março, das ações de continuidade do Integra SP, em Jaú (SP). O programa é uma parceria entre Embrapa, Rede ILPF e Governo do Estado.

O grupo de extensionistas prepara-se para implementar nas propriedades rurais os projetos de integração desenvolvido com auxílio de especialistas da Embrapa Pecuária Sudeste e da Rede. 

O objetivo do Integra SP é a adoção de diferentes modelos integrados de produção no Estado. Com isso, pretende-se ampliar em cerca de 1 milhão de hectares a área de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) até 2030.

De acordo com o supervisor de Transferência de Tecnologia da Embrapa Pecuária Sudeste, José Alberto Portugal, além da preparação para o processo de implantação de ILPF nas fazendas, durante 2024, uma vez ao mês, vai ocorrer um ciclo de debates de temas técnicos para fortalecer o conhecimento dos profissionais e tirar dúvidas.

Os técnicos iniciaram esse processo de capacitação ainda em 2022. Desde então estão sendo preparados para serem multiplicadores dos sistemas integrados nas propriedades que atendem.

A iniciativa vai restaurar a capacidade produtiva de áreas degradadas ou em fase inicial de degradação, por meio desses sistemas mais sustentáveis. Além disso, a ação contribui para o combate às mudanças climáticas, reduzindo as emissões de gases de efeito estufa com tecnologias com a recuperação dos solos, o plantio de árvores (em algumas situações), manejo das pastagens e melhoria das condições dos animais.

Além de capacitações continuadas, a Embrapa Pecuária Sudeste oferece treinamentos, dias de campo e simpósios com foco em ILPF e tecnologias que aliam econômico, ambiental e social. A Embrapa está comprometida com a Agenda 2030 proposta pela Organização das Nações Unidas (ONU) para colaborar com a construção e implementação de políticas públicas em prol do desenvolvimento sustentável.

Fonte: Embrapa Pecuária Sudeste
Foto: Breno Lobato/ Embrapa